Genérico e créditos

Fonte: Guia dos Cineastas e Actores do Porto
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Se alguém, num festival de cinema de qualquer parte do país ou do mundo, vir um filme com a menção Cineastas e Actores do Porto, e a seguir vê outro filme com a menção Cineastas e Actores do Porto, e depois outro, e outro, a dada altura só pode concluir:

«Foda-se, aquela região do Porto está cheia de Cineastas e Actores que fazem filmes!».

Genérico inicial[editar | editar código-fonte]

Imagine que não tem uma produtora formalizada, e que fez a sua curta-metragem exclusivamente só com os recursos e pessoas da nossa comunidade.

Nessa situação, até pode colocar Cineastas e Actores do Porto no início do filme, no lugar onde normalmente se coloca o nome da produtora.

Os Cineastas e Actores do Porto apresentam

É mais profissional usar o nome dum colectivo que um nome inventado duma produtora que não existe[1] — e assim promove-se o autor ainda mais como membro duma comunidade duma região vibrante em produção.

Por outro lado, se tiver mesmo uma produtora com existência jurídica, poderá adicionar o nosso nome à sua, assim:

A
[Sua Produtora]
e os
Cineastas e Actores do Porto
apresentam

Créditos finais[editar | editar código-fonte]

  • Poderá terminar o rolo de créditos das suas obras com a referência final à nossa outra identificação, a etiqueta #CineastasActoresPorto.
  • Se trabalhar com produções fora da nossa comunidade, uma vez que você é nosso membro peça-lhes para que incluam os Cineastas e Actores do Porto na sua lista de agradecimentos.

  1. Se não tem uma produtora real e com NIF, não coloque esse nome de fantasia nos genéricos: tal revela um caso grave de amadorismo