Relações Públicas

Fonte: Guia dos Cineastas e Actores do Porto
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Acções concluídas[editar | editar código-fonte]

Por ordem cronológica:

  • Em Setembro de 2015, Ricardo Pinho convida amigos, colegas e ex-alunos para o primeiro encontro de Cineastas e Actores do Porto, fazendo uso do iCal e do Calendário Google, sugerindo aos convidados que trouxessem colegas seus da área. Assim se lançou a primeira pedra para a criação desta comunidade.
  • Durante o primeiro trimestre de 2016, Maria Meireles afixou um papel com tiras destacáveis pelos painéis de cortiça das várias escolas de cinema do Porto.
  • Em Março de 2016, o grupo tinha já crescido para lá da capacidade de gerir manualmente com convites de calendário, e Ricardo Pinho migra a gestão da agenda para o Meetup.
  • Em Setembro de 2017, Ricardo Pinho solicita à direcção do UPTEC o uso do Pólo das Indústrias Criativas para encontros mensais. Tal é aprovado, e ocorre de Janeiro de 2018 até Junho de 2018. Houve um encontro mensal durante esse meio ano, muito frequentado. Metade dos membros gostavam de ir só para conversar, outra metade queixava-se de ser só conversa. A partir daí, Ricardo Pinho passará a escutar aqueles com ambição de produção, e passa a dar prioridade à organização eventos orientados para a acção (como a filmagem de curtas-metragens).
    • Dessa nova abordagem, sairão, dali até ao final de 2019, eventos como Filme Feito Na Hora, e Três Planos Um Filme.
  • Em 22/08/2017, Ricardo Pinho submete pedido à Junta de Freguesia do Bonfim para o uso do espaço Casa D'Artes do Bonfim. José Soares, do Pelouro da Educação, Cultura e Lazer, arrasta o caso para depois das eleições, e, depois das eleições, continua a arrastar e a arrastar, até em 04/07/2019 Ricardo Pinho lhe dar o assunto por encerrado.
  • Ao longo do último semestre de 2017, Ricardo Pinho fala com a organização do Fantasporto para criar um evento dos Cineastas no festival, onde se reunissem os membros locais com os membros internacionais convidados pelo Fantasporto. Tal seria um encontro internacional. Ao aproximar-se da data do evento, foi ficando claro que o Fantasporto não cumpriria a sua parte, tendo o evento sido um evento normal dos Cineastas e Actores do Porto que, por acaso, teve lugar no Rivoli.
  • Durante 2017 e 2018, Ricardo Pinho foi deixando pósters A3 pelos sítios que nos facultavam um espaço para os nossos encontros, como as Galerias Lumière, o Espaço Espiga, e o UPTEC. Ver exemplo
  • Em Outubro 2018, Ricardo Pinho contacta e reúne-se com a Fundação de Juventude para filmagens no palacete e para considerar oferecer cursos. Não houve cineastas do nosso grupo em número suficiente interessados em dar a sua parte de formação, pelo que não foi possível criar um curso.
  • Em Fevereiro 2019, Ricardo Pinho planeia com Agente a Norte um grande evento de actores e cineastas. O evento ocorreu no dia 2 de Março de 2019, e foi um sucesso.
  • Em 2019, o nosso membro Luke Brennan contacta uma empresa de Joalharia do Porto para uma experiência em vídeo comercial.
  • Após as férias do Verão de 2019, Irene Leite facilita contacto com ISMAI. Em Outubro, duas reuniões têm lugar: a primeira com o Reitor do ISMAI, Irene Leite, e Ricardo Pinho. A segunda, com Ricardo Pinho, o Reitor, e directores dos cursos relacionados com audiovisual. As relações entre ISMAE e Cineastas iriam ter início no semestre de Fevereiro de 2020, mas a pandemia fez tudo ser cancelado.

Planos para o futuro[editar | editar código-fonte]

Objectivos a alcançar[editar | editar código-fonte]

A curto prazo[editar | editar código-fonte]

  • Aumentar a visibilidade da comunidade de Cineastas e Actores do Porto
  • Atrair novos membros para a comunidade de Cineastas e Actores do Porto
  • Garantir que os novos membros seguem a cultura do nosso grupo
  • Dar visibilidade aos trabalhos dos membros dos Cineastas e Actores do Porto

A longo prazo[editar | editar código-fonte]

  • Promover o próprio Grande Porto como centro de profissionais da imagem em movimento
  • Promover o Grande Porto como local e destino de produções
  • Criar um mercado onde os profissionais da imagem em movimento sejam pagos pelo seu trabalho

Estratégias[editar | editar código-fonte]

Relações externas[editar | editar código-fonte]

A comunicar aos cineastas[editar | editar código-fonte]

Razões para os cineastas se juntarem à nossa comunidade:

  • Alargar a sua lista de contactos para realizarem os seus projectos
  • Vantagens em conhecer outros colegas cineastas
  • Vantagens em conhecer actores
  • Possibilidade de aumentar o seu CV
A comunicar aos actores[editar | editar código-fonte]

Razões para os actores se juntarem à nossa comunidade:

  • Mais filmes para os seus vídeoportefólios
  • Experiência em ecrã (quando no Porto só há formação em palco)
Escolas de cinema[editar | editar código-fonte]

A propor às direcções de cursos de cinema, audiovisual, e imagem em movimento do Grande Porto:

  • Estágios contínuos informais, através da inclusão de estudantes nos nossos eventos de rodagens
  • Mostrar-lhes sermos uma plataforma definir isto onde os seus alunos podem colocar em prática os conhecimentos adquiridos
  • Apresentar-lhes as vantagens de terem os seus alunos a estabelecerem contacto com profissionais da imagem em movimento
Centros culturais[editar | editar código-fonte]
  • Propor-lhes uma sessão de cinema com os filmes dos membros.
Festivais de cinema[editar | editar código-fonte]

A propor aos festivais:

  • Sessão de estabelecimento de contactos entre membros da comunidade do Porto, e os cineastas convidados pelo Festival
  • Mostra de filmes da comunidade de Cineastas e Actores do Porto
  • Oferta de taxa de inscrição de obras criadas pelos Cineastas e Actores do Porto
Relações com a imprensa[editar | editar código-fonte]

Relações internas[editar | editar código-fonte]

Para os nossos membros em geral[editar | editar código-fonte]
  • Sugerir-lhes que convidem para o nosso Meetup pessoas que conheçam mas que sejam compatíveis com a nossa cultura.
Para os nossos cineastas[editar | editar código-fonte]
Redes sociais[editar | editar código-fonte]
  • Incentivar à utilização da etiqueta #CineastasActoresPorto em todas as redes que tenham essa funcionalidade.
  • No Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn, promover os membros a colocarem, nos seus perfis, a sua profissão com a comunidade como empresa. Exemplo: «Actor em Cineastas e Actores do Porto».
  • Para os utilizadores do Vimeo, juntarem-se ao nosso grupo aí.

Acções a executar[editar | editar código-fonte]

  • Enviar comunicados de imprensa para cada um dos futuros eventos agendados.
  • Organizar uma mostra de cinema para os membros da Comunidade no bar 1/2 Litro, em Espinho. Os primeiros contactos foram feitos finais de Novembro 2019; Em inícios de 2020 introduzi os dados no grupo da Comunidade na plataforma digital MeetUp e entretanto com a falta de respostas o evento ficou adiado até ver, mas infelizmente com a pandemia de 2020 o 1/2 Litro Bar não resistiu às restrições ficando impossibilitado de ser realizado nesse local.